terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Brincamos na neve

Começamos o nosso dia com o habitual desenho do fim-de-semananatal 009 . Quase todos nós brincamos com a neve.

Depois a Isabel foi procurar na sala da primária, que já fechou, um mapa de Portugal para também nós assinalarmos a localidade de alguns amigos que nos visitam.

Não havia mapa de Portugal, só mapa mundonatal 013 . Resolvemos então assinalar os locais onde moram os meninos de todas as cores, embora a gente saiba que agora se encontram por todos os países,também em Portugal.

Assinalamos com uma borrachina amarela, dos meninos amarelos, a China, assinalamos com uma borrachinha castanha , dos meninos castanhos,a África, assinalamos com uma borrachinha vermelha, dos meninos vermelhos, a Austrália.

Assinalamos Portugal, o país onde moramos,assinalamos França, pois o Sandro como esteve lá nas férias grandes e pediu e assinalamos Luanda, a terra onde nasceu a Isabel.Na terra da Isabel a maioria dos meninos são pretos e castanhos e ela é branca. Por isso as cores encontram-se todas espalhadas pelo mundo.

Da sala da primária a Isabel trouxe um jogo dos númerosnatal 007 , trouxe uma fita métricanatal 005 , trouxe uma balança, trouxe pesosnatal 008 , trouxe uns pauzinhos coloridosnatal 004 que servem para contar e outras coisasnatal 006 . Só não tinham lá o mapa de Portugal.Temos que pedir um mapa. O nosso cantinho do conhecimento do mundo e o cantinho dos jogos/matemática, ficou mais rico.

De tarde ouvimos uma história muito muito bonitanatal 010 natal 011 , “ Ninguém dá prendas ao pai natal” De Ana Saldanha e editora Caminho. Fizemos o registo da história e um pequeno resumo:

Personagens da História:

pai natal

capuchinho vermelho

gata borralheira

joão ratão

lobo

bruxa

e a raposa..

Este livro tem a bruxa má da casinha de chocolate que oferece chocolates, rebuçados,etc ao pai natal, tem a gata borralheira que oferece ao pai natal os sapatinhos de cristal, tem a capchinho vermelho que oferece a sua capa vermelha, tem o joão ratão que oferece o caldeirão, tem a raposa que oferece as uvas, tem o lobo das histórias: os três porquinhos, o lobo e os sete cabritinhos e capuchinho vermelho,que oferece um grande saco preto. Apesar de muitas coisas não servirem ao pai natal, ele ficou muito emocionado.

Esta história é muito gira, tens razão professora: Sandro

Tinha digitalizado a capa para toda a gente ver, mas deixei a pen drive no jardim . Também ficaram alguns trabalhos que eu queria mostrar. (Isabel)

Beijinhos.

Os Malandrecos

4 comentários:

Paula Moita disse...

Olha, que coisinhas tão giras que vocês fazem com a Isabel.A história também é super gira, também já li aos meus meninos.

Beijinhos quentinhos nestes dias frios de um Inverno que está quase a chegar.

Anônimo disse...

Olá Malandrecos! :)

Fartam-se de trabalhar e que coisas lindas fazem durante o dia! :)

Sabem, eu e os meus meninos estamos cheios de inveja! Queriamos ver a neve como os meninos viram, mas aqui não neva...

Mas com as vossas fotografias e relatos já podemos imaginar como é viver aí! :)

Beijinhos enormes a todos!
Um bem grande para a vossa amiga educadora!

colega Ovo :)

Patarecos disse...

Olá malandrecos

A história "Ninguém dá prendas ao pai natal" foi a inspiração para a nossa festa de Natal. è ralmente uma história muito engraçada. E os meninos já pensaram na prenda que vão dar ao Pai Natal?

Aproveitamos para vos dizer que o Patareco Francisco fez 3 anos no dia 2 de dezembro. Também lhe fizemos um bolo delicioso.

Beijinhos
Patarecos

maria disse...

O vosso Presépio está um espectáculo.A ideia de fazer meninos de todas as cores foi excelente. Parabéns!

Patarecos

As vogais

Seguidores

Os Malandrecos

Minha foto
Trás os Montes, Portugal